Text Size
   

SINDESP-BA ELEGEU NOVA DIRETORIA


No dia 23.01.2018, a chapa “UNIR PARA CRESCER”, presidida pelo empresário Paulo Roberto da Cruz Azevedo, foi eleita por

unanimidade e aclamação para gerir os destinos do sindicato no período de 2018 à 2022, a partir de 24.03.2018.

A posse será festiva e acontecerá na noite do dia 23.03.2018 em local a ser ainda escolhido.

Vejam a seguir a composição da chapa:

PRESIDENTE – Paulo Roberto da Cruz Azevedo

VICE-PRESIDENTE – Lauro Santana Silva

DIRETOR TESOUREIRO – Harrison Nascimento Santos

DIRETOR SECRETÁRIO – Jaldo Machado Mendes

DIRETORA SOCIAL – Tatiana Magnavita Seixas

DIRETOR DE MERCADO – Carlos André Pitanga

1º CONSELHEIRO – MARCUS VINICIUS GUIMARÃES

2º CONSELHEIRO  - LEANDRO MENEZES SANATAN SILVA

3º CONSELHEIRO – ALOISIO SANTANA CORREIA

1º DELEGADO REPRESENTANTE JUNTO A FENAVIST – ODAIR DE JESUS CONCEIÇÃO

2º DELEGADO REPRESENTANTE JUNTO A FENAVIST – WANDERLEY ARANHA

O mandato dessa nova diretoria, terá início no dia 24.03.2018.

Logo após a posse, a nova diretoria nomeará os membros da diretoria extraordinária, já escolhidos.


PAULO CRUZ 2

Paulo Cruz será o novo presidente do SINDESP-BA

"Agradeço a todos pela confiança  depositada em meu nome. Com certeza terei a coloboração dos associados nesta difícel missão de substituir Presidentes como Odair e Lauro "  Afirmou o novo Presidente em seu discurso. 

 



IMG 2032


23 de janeiro 2018

 

SINDESP-BA VAI INICIAR AS TRATATIVAS COM LABORAIS

OS SINDICATOS LABORAIS PROTOCOLARAM NO SINDESP-BA, A SUA PAUTA DE REIVINDICAÇÕES PARA ASSINATURA DA PRÓXIMA CCT  2018/2019, E, EM ASSEMBLÉIA OCORRIDA NO DIA 03.01.2018 ELEGEU UMA COMISSÃO DE NEGOCIAÇÃO FORMADA POR EMPRESÁRIOS EREPRESENTANTES DE ASSOCIADAS PARA REALIZAR A NEGOCIAÇÃO COM OS LABORAIS. 

 A PRIMEIRA REUNIÃO DESSA COMISSÃO QUE SERVIU PARA AVALIAR O PLEITO  OCORREU NO DIA 10.01.2018, PORÉM DEVIDO  AO GRANDE NÚMERO DE CLÁUSULAS A SEREM AVALIADAS  NÃO HOUVE TEMPO PARA ANÁLISE DE TODAS. 

 UMA NOVA REUNIÃO FOI MARCADA PARA COMPLETAR A AVALIAÇÃO E JÁ DEFINIR A CONTRA PROPOSTA PATRONAL E AS DATAS PARA A  NEGOCIAÇÃO.  O PEDIDO SALARIAL DOS LABORAIS CONSISTE NA VARIAÇÃO INTEGRAL DO INPC/IBGE DOS ÚLTIMOS DOZE MESES DA DATA-BASE, ACRESCIDO  DE UM GANHO REAL DE 5%.

 00001111

 17 de janeiro 2018

   

Página 2 de 51

Busca no site